Sexta, 27 de maio de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 03/11/2015

AUGUSTO BERNARDO CECÍLIO # Doutor Honoris Causa

AUGUSTO BERNARDO CECÍLIO #  Doutor Honoris Causa

Um amigo citou que acima do dinheiro, que tanto perseguimos na juventude, e acima do poder, que tanto almejamos na maturidade, está o reconhecimento. Nada o supera, pois este é o único que é permanente. Os outros dois são fugidios. Portanto, é momento para louvar a decisão da Universidade do Estado do Amazonas, através do Magnífico Reitor Cleinaldo de Almeida Costa, em conceder o honroso título de Doutor Honoris Causa ao Dr. Benedito Taveira dos Santos.

 

A feliz escolha coroa a brilhante carreira de um homem nascido no Pará e que escolheu o Amazonas para viver, para compartilhar conhecimentos e para fazer o bem a tantas pessoas.

 

Lioney Cabral, que foi seu aluno, resume seu orgulho ao saber da outorga do título, justamente  pela Universidade que Taveira ajudou a construir. “Esta é justificada por toda a representatividade que o seu nome amealhou com o passar dos anos a serviço de uma utopia que tornou realidade. O Edifício que o senhor nos deixa não é somente de pedras, concretos e tijolos. O prédio mais importante foi o legado moral e ideológico, o da costura de um curso de Odontologia que está entre os 10 melhores do País”.

 

A carreira deste baluarte da odontologia amazonense começou bem antes de 1978, quando surgiu o primeiro Doutorado em Odontologia no Brasil, tendo sido convidado a participar, junto com outros 4, de todo o país. Seu currículo é extenso, passando pela construção coletiva para a melhoria dos cuidados à saúde bucal do povo amazonense e pela solidificação da odontologia do Amazonas, sempre com a consciência de que uma universidade só se fortalece se ela tiver como raízes definitivas a Pesquisa, Ensino e Extensão.

 

No seu discurso de agradecimento, abordou sua vida docente, que começou na Universidade do Amazonas, hoje Ufam, agradeceu e compartilhou. “Vivi por muito tempo uma vida acadêmica muito intensa, voltada, principalmente para a construção do Curso de Odontologia. Trabalho difícil, consistente nem sempre reconhecido, embora isto não fosse meu objetivo maior.

 

Já aposentado pela Ufam, fui convidado em 2001 pela UEA para constituir um grupo de trabalho com os Professores Alberto Mesquita de Alcântara e João Batista Noronha, com o objetivo de num prazo de uma semana apresentar uma estrutura curricular do Curso de Odontologia, a ser criado. Missão cumprida!

 

O Curso de Odontologia teve a sua aprovação junto com os demais Cursos desta Universidade.  Posteriormente, fui convidado para Coordenar o Curso de Odontologia. Coordenei com a vontade e o desejo de fazer o melhor, alicerçado na experiência adquirida na Ufam. Fiz o máximo que poderia fazer, dentro do tempo e dos meios disponíveis e vejo que o meu trabalho foi devidamente reconhecido.

 

Estou certo de que o título que ora me outorga a Universidade do Estado do Amazonas é deferência gratificante, sobretudo pelo simbolismo que ele contém. Entendo que apenas fui a pessoa escolhida pela coletividade acadêmica do Estado do Amazonas, a querida UEA, para homenagear e agradecer ao grupo que erigiu o Curso de Odontologia e o faz destacar-se no ensino superior da região. Por isso, ao agradecer o título de Doutor Honoris Causa, prometo, sob o empenho da minha honra, permanecer devotado à causa, que é de todos os bons cidadãos, deste generoso pedaço do Brasil”. 

* O autor é auditor da SEFAZ/AM

Tags:

Sobe Catracas

GLAUCIVAN SILVA, artista plástico

Foi o vencedor do concurso do Cartaz Oficial do Festival de Parintins 2022

Desce Catracas

JAIR SOUTO, prefeito de Manaquiri (AM)

Grupo de 52 prefeitos, dos 62 chefes de Executivo, esvaziou Associação de Municípios Amazonenses, que ele presidia, e criou outra entidade