Quarta, 10 de agosto de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 29/06/2022

Presidente do Garantido pede que diretores entreguem cargos, mas apaga postagem

Antônio Andrade decidiu também acabar com DGE e demitiu seus membros, após apuração

Presidente do Garantido pede que diretores entreguem cargos, mas apaga postagem Print da postagem do presindete Antonio Andrade (Reprodução)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Pressionado por torcedores, após a derrota para o Caprichoso, o presidente do Garantido, Antônio Andrade, pediu que todos os diretores, assessores e coordenadores da gestão de 2022 entreguem seus cargos.

 

No dia 27, após a apuração dos votos dos jurados, Antônio acabou com a DGE (Direção Geral do Espetáculo) e demitiu todos os seus membros. O presidente criou a DGE extinguindo a Comissão de Artes.   

 

“Requisitamos que todos os diretores, assessores e coordenadores entregassem seus cargos para que possamos realizar as mudanças e ajustes necessários nos setores administrativos da AFBBG”, escreveu Andrade, ontem (28), em seu Facebook, em nota assinata conjuntamente com Ida Silva, a vice.

 

Porém, o post foi apagado 15 minutos depois.

 

Nas redes, torcedores pediam a saída do presidente.  

Sobe Catracas

DOM LEONARDO STEINER, arcebispo de Manaus

Foi escolhido pelo Papa Francisco para ser o primeiro cardeal da região amazônica do Brasil, em defesa da floresta e tribos indígenas

Desce Catracas

WILLIAM FONSECA, prefeito de Oriximiná (PA)

MPPA investiga suposta promoção pessoal do prefeito, que teria 'enfeitado' a cidade durante o Círio de Santo Antonio, com seu slogan de campanha