Quarta, 10 de agosto de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/06/2022

Setor artístico do Garantido deu vitória ao Caprichoso; veja mapa de votação

Alegoria, ritual, figura típica e toadas receberam notas baixas

Setor artístico do Garantido deu vitória ao Caprichoso; veja mapa de votação Alegoria de barquinho, com nome de Paulinho Faria (Foto: REPRODUÇÃO/BNC AMAZONAS)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM – Custou caro para o presidente do Garantido, Antônio Andrade, acabar com a Comissão de Artes e colocar Mencius Melo e Rubens Alves para serem os cabeças da nova DGE (Direção Geral do Espetáculo).

 

Neste projeto da DGE, os principais e experientes artistas do Garantido não foram contratados. O Caprichoso os contratou. Os principais nomes da Comissão de Artes foram também mandados para casa.  

 

O resultado foi sentido na arena. O Garantido fez uma apresentação irreconhecível no Festival de Parintins e o setor artístico foi o que mais comprometeu a derrota.

 

Alegoria, ritual e figura típica regional, juntos, foram os itens que mais provocaram baixa no vermelho, além de batucada e vaqueirada.

 

Outro fator que provocou cobrança da torcida: a direção musical.

 

O Garantido apresentou, nas duas primeiras noites, um repertório pobre, a maioria com toadas desconhecidas do público. O boi perdeu também em toada, letra e música.

 

Os itens individuais empataram na computação geral, com a exceção dos apresentadores. Israel Paulain (Garantido) saiu vencedor na disputa com Edmundo Oran (Caprichoso).

VEJA O MAPA GERAL DE VOTAÇÃO:

 

 

Sobe Catracas

DOM LEONARDO STEINER, arcebispo de Manaus

Foi escolhido pelo Papa Francisco para ser o primeiro cardeal da região amazônica do Brasil, em defesa da floresta e tribos indígenas

Desce Catracas

WILLIAM FONSECA, prefeito de Oriximiná (PA)

MPPA investiga suposta promoção pessoal do prefeito, que teria 'enfeitado' a cidade durante o Círio de Santo Antonio, com seu slogan de campanha