Quinta, 30 de junho de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/06/2022

Polícia Civil cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão, em Parintins

A Operação Tupinambarana acontecerá até a próxima terça-feira (28/06)

Polícia Civil cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão, em Parintins Polícia Civil do Amazonas inicia Operação Tupinambarana, em Parintins (Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Nesta quarta-feira (22/06), por volta das 6h, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) e Especializada de Polícia (DEP) de Parintins, iniciou a Operação Tupinambarana e cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão por crimes distintos na cidade (a 369 quilômetros de Manaus).

 

A operação faz parte do conjunto de ações do Governo do Amazonas para reforçar a segurança pública no município, principalmente no período que antecede e durante a realização do 55° Festival Folclórico de Parintins, levando mais segurança à população da cidade e aos turistas.

 

A ação foi coordenada pelos delegados Guilherme Torres, diretor do DPI; Adilson Cunha e Isabelita Leite, da DIP e DEP, respectivamente. E contou com o apoio da Coodenadoria de Operações e Recursos e Especiais (Core-AM).

 

“A Operação Tupinambarana vai se estender até terça-feira (28/06), durante todo o período festivo, no combate à criminalidade em Parintins. A Polícia Civil está trabalhando fortemente junto com as demais forças de segurança do Estado para proporcionar um festival tranquilo para todos”, destacou Guilherme Torres.

 

Prisões

Nesta manhã, três pessoas foram presas em cumprimento a mandados. Uma mulher identificada como Ângela Maria Barbosa Pinto, 51, foi presa pelo crime de tráfico de drogas, na rua Padre Jorge Frezzini, bairro São José Operário.

 

Em continuidade aos trabalhos, Kerlisson Sebastião de Souza Oliveira, 29, foi preso por falta grave à regressão de regime, na rua Antônio Meirelles, bairro Itaúna 1. Também foi preso Andrei Souza dos Santos, 33, por regressão cautelar, na rua João Neto, bairro Paulo Corrêa.

 

Procedimentos

Todos foram conduzidos à DIP, onde ficarão custodiados à disposição do Poder Judiciário.

Sobe Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Boi Caprichoso sagrou-se campeão do Festival Folclórico de Parintins 2022, vencendo rival por 8 décimos

Desce Catracas

ANTÔNIO ANDRADE, presidente do Boi Garantido

Boi Garantido perde o Festival de Parintins e enfrenta crise com debandada de levantadores