Quinta, 30 de junho de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 17/06/2022

Após assassinato de Bruno e Dom na Amazônia, Bolsonaro faz motociata em Manaus

Sem obras para inaugurar em Manaus, presidente irá a culto evangélico neste sábado (18) e depois passeará de moto

Após assassinato de Bruno e Dom na Amazônia, Bolsonaro faz motociata em Manaus Após assassinato de Bruno e Dom na Amazônia, Bolsonaro faz motociata em Manaus (Foto: Alan Santos/PR)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Enquanto o Brasil ainda se recupera do desaparecimento e assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips na Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro (PL) se prepara para participar de uma motociata em Manaus neste sábado (18).

 

Bolsonaro deve comparecer a um evento evangélico na capital do Amazonas e, em seguida, seguir para um passeio de motos às 14h, acompanhado de apoiadores.

 

A morte do jornalista e do indigenista chocou o mundo. Os dois desapareceram na região do Vale do Javari, no Amazonas, próximo a terras indígenas.

 

 Os corpos foram encontrados essa semana após terem sido esquartejados e queimados. Dois homens foram presos, acusados do crime.

 

Bruno Pereira e Dom Phillips lutavam contra o desmatamento da Amazônia e atuavam em defensa dos povos indígenas.  

 

O governo Bolsonaro incentiva o garimpo ilegal e é contra a demarcação de terras indígenas.

 

Um aliado de Bolsonaro que acompanha a organização da motociata, em Manaus, ouvido por Malu Gaspar, do jornal O Globo, disse que não vê problemas em realizar o evento após a morte de Bruno Pereira e Dom Phillips.

 

"O que tem uma coisa com a outra? Não sei por que essa implicância. E daí? Quantos policiais morreram dia desses, e ninguém comentou nada?”, disse.

 

Está é a nona viagem de Bolsonaro em Manaus, sem trazer investimentos para o Amazonas.     

Sobe Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Boi Caprichoso sagrou-se campeão do Festival Folclórico de Parintins 2022, vencendo rival por 8 décimos

Desce Catracas

ANTÔNIO ANDRADE, presidente do Boi Garantido

Boi Garantido perde o Festival de Parintins e enfrenta crise com debandada de levantadores