Quinta, 30 de junho de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/06/2022

Wilson anuncia correção da data-base para servidores da saúde, setor primário e Polícia Civil

Segundo o governador do Amazonas estão inclusos peritos criminais, legistas e ondontolegistas

Wilson anuncia correção da data-base para servidores da saúde, setor primário e Polícia Civil Wilson Lima anuncia pagamento de data-base (Foto: Diego Peres/Secom/Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governador Wilson Lima enviou à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta segunda-feira (13), mensagem que autoriza, ainda este mês, a correção de 10% da data-base para servidores estaduais da saúde e setor primário, além de peritos criminais, legistas e ondontolegistas da Polícia Civil.

 

O anúncio ocorreu pelas redes sociais hoje.

 

Wilson Lima autorizou, ainda, o pagamento de gratificação de cursos e progressões para os servidores do setor primário. Além disso, 17 servidores da Sepror que hoje atuam na Adaf serão relotados na agência. Todas as medidas são pleitos apresentados pela categoria e atendidos pelo governador. 

 

“Depois de muitas negociações nós chegamos a alguns acordos que são importantes para a categoria, como a gratificação de curso que a gente vai dar, progressões, e é a primeira vez que isso acontece para esses servidores. E, também, fechamos aqui um percentual de 10% de data-base. São conquistas importantes para que a gente possa valorizar essa categoria”, disse Wilson Lima.

 

Os representantes dos sindicatos agradeceram o atendimento dos pleitos e destacaram a importância da reestruturação da Lei 3.510, sancionada em janeiro pelo governador, uma correção histórica que irá permitir aposentadoria digna a servidores com mais de 30 anos de serviço e mais de 60 anos de idade. A readequação da legislação é esperada há décadas por 1.987 servidores, de 24 órgãos e instituições do Estado, incluindo aqueles que fazem parte do setor primário.

Sobe Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Boi Caprichoso sagrou-se campeão do Festival Folclórico de Parintins 2022, vencendo rival por 8 décimos

Desce Catracas

ANTÔNIO ANDRADE, presidente do Boi Garantido

Boi Garantido perde o Festival de Parintins e enfrenta crise com debandada de levantadores