Sexta, 27 de maio de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/05/2022

Vice-presidente do TRE-AM suspende decisão que cassou mandato do prefeito de Codajás

A chapa de Tonho e Cleucivan Reis havia sido cassada, por unanimidade, pelo Pleno da Corte Eleitoral, na última sexta-feira, dia 6 de maio

Vice-presidente do TRE-AM suspende decisão que cassou mandato do prefeito de Codajás Prefeito de Codajás, Antônio dos Santos, o Tonho (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA CODAJÁS, AM - A desembargadora Carla Reis, vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), suspendeu, monocraticamente, a decisão que cassou o mandato do prefeito de Codajás, Antônio dos Santos, o Tonho (Progressistas) e determinou que ele o vice-prefeito Cleucivan Reis retornem ao cargo.

 

A decisão é desta quinta-feira (12).

 

A desembargadora Carla Reis afirma, na sentença, que os afastamento do prefeito e vice traria prejuízo irreparável ou de difícil reparação ao município de Codajás.

 

“Prestigiando a soberania popular e assegurando este Juízo a continuidade do serviço público nos termos do mandato do prefeito”, afirmou a vice-presidente do TRE-AM, na decisão.

 

A chapa havia sido cassada, por unanimidade, pelo Pleno da Corte Eleitoral, na última sexta-feira, dia 6 de maio.

 

Tonho e Cleucivan são acusados de abuso de poder econômico nas eleições 2020, por uso de verba parlamentar destinada a Colônia dos Pescadores do município.

Sobe Catracas

GLAUCIVAN SILVA, artista plástico

Foi o vencedor do concurso do Cartaz Oficial do Festival de Parintins 2022

Desce Catracas

JAIR SOUTO, prefeito de Manaquiri (AM)

Grupo de 52 prefeitos, dos 62 chefes de Executivo, esvaziou Associação de Municípios Amazonenses, que ele presidia, e criou outra entidade