Quinta, 30 de junho de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/02/2022

MPAM fiscaliza vacinação infantil contra Covid-19, em Nhamundá

Promotor de Justiça também cobra da prefeita Marina Pandolfo transparência na aplicação dos recursos da pandemia

MPAM fiscaliza vacinação infantil contra Covid-19, em Nhamundá Centro de Nhamundá, área da praça da Matriz - ao fundo a UBA Nossa Senhora da Assunção ( foto:DeAmazônia

DEAMAZÔNIA NHAMUNDÁ, AM- O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio da Promotoria de Justiça de Nhamundá, instaurou um procedimento administrativo contra a Prefeitura para acompanhar a vacinação infantil contra a Covid-19 no Município (365 km de Manaus).


“Inicialmente, serão reunidas informações prestadas pelo Poder Executivo Municipal sobre o plano municipal de imunização das crianças contra o Covid- 19. Conhecidas as providências por parte da Prefeitura, será realizada reunião para definição desse plano e verificação de sua adequação frente à realidade do município”, afirmou Rodrigo Nicoletti, atualmente designado para atuar na Promotoria de Justiça de Nhamunda.


Além da questão da vacinação em si, o MPAM também vai investigar, em outro procedimento administrativo, a divulgação dos recursos aplicados no combate à pandemia, que deveria ser feita pela prefeita Marina Pandolfo (PSD) no Portal da Transparência no site institucional da Prefeitura.


“A transparência pública municipal, principalmente do combate ao Covid- 19, exige que a população e órgãos de fiscalização tenham amplo acesso aos dados”, explicou Nicoletti.

 

Não é a primeira vez que o MPAM cobra a publicação de recursos recebidos pela Prefeitura no Portal da Transparência. 

Sobe Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Boi Caprichoso sagrou-se campeão do Festival Folclórico de Parintins 2022, vencendo rival por 8 décimos

Desce Catracas

ANTÔNIO ANDRADE, presidente do Boi Garantido

Boi Garantido perde o Festival de Parintins e enfrenta crise com debandada de levantadores