Domingo, 28 de novembro de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/11/2021

PSDB suspende prévias após falha em sistema de votação

Ainda não há definição de data para a retomada do processo

PSDB suspende prévias após falha em sistema de votação (Crédito: Divulgação/ PSDB)

BRASÍLIA - O PSDB decidiu pausar a eleição e preservar os votos da disputa de prévias deste domingo (21) para a eleição presidencial de 2022 após falhas no aplicativo de votação. Os votos devem ser lacrados em uma urna do partido para continuação da votação em data ainda não definida.

 

O governador de São Paulo, João Doria, prefere que a votação seja concluída no próximo domingo (28). Já o grupo de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, é a favor de levar as prévias para fevereiro de 2022.

 

Os dois são pré-candidatos para concorrer à presidência pelo PSDB no ano que vem junto com o ex-senador do Amazonas Arthur Virgílio.

 

Em nota oficial, o partido anunciou que o processo de votação deste domingo foi concluído às 18h. “O processo de votação em aplicativo encontra-se pausado em razão de questões de infraestrutura técnica, que não comportou a demanda dos votantes das prévias”, diz o comunicado.

 

“O PSDB definirá nova data para reabertura do processo de votação para que todos os filiados que não puderam votar neste domingo possam, com tranquilidade e segurança, registrar o seu voto e concluir a escolha do nosso candidato às eleições presidenciais de 2022”, explica a Nota.

 

Diferentemente do sistema via aplicativo, que apresentou falhas desde o início da manhã, a votação por urna eletrônica não foi prejudicada.

 

“Os votos recebidos tanto pelo aplicativo quanto por meio das urnas eletrônicas ao longo deste domingo serão totalizados ao final do processo de votação. A integridade e a segurança do sistema estão totalmente preservadas”, concluiu o partido.

Sobe Catracas

MÁRIO DE MELLO, presidente do TCE-AM

Recebeu a Medalha de Honra ao Mérito 'Desembargador Décio Erpen', durante o 87º Encontro de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, no Maranhão

Desce Catracas

MATHEUS ALMEIDA, prefeito de Monte Alegre (PA)

Justiça Eleitoral cassou o mandato dele e do vice, por antecipação do pagamento de 13º salário às vésperas da eleição 2018