Domingo, 28 de novembro de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/10/2021

Facebook derruba live em que Bolsonaro associou Aids a vacina da Covid

Bolsonaro afirmou durante live, em 21 de outubro, que "vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]"

Facebook derruba live em que Bolsonaro associou Aids a vacina da Covid O presidente Jair Bolsonaro associou a vacina contra Covid-19 ao HIV em live (Reprodução)

BRASÍLIA - Na noite deste domingo (24), o Facebook derrubou a live semanal do presidente Jair Bolsonaro, transmitida na última quinta-feira (21). O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram.

 

De acordo com a empresa, o motivo para a exclusão foram as políticas relacionadas à vacina da Covid-19. "Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas", informa a Folha de S.Paulo.

 

Bolsonaro afirmou durante live em 21 de outubro que "vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]". Ele leu uma notícia falsa alertando para o suposto perigo. O vídeo também foi retirado do Instagram.

 

Médicos afirmam que a associação entre a vacina contra o coronavírus e a transmissão do HIV, o vírus da Aids, é falsa e inexistente.

 

Esta é a primeira vez que a empresa remove uma live semanal de Jair Bolsonaro. 

Sobe Catracas

MÁRIO DE MELLO, presidente do TCE-AM

Recebeu a Medalha de Honra ao Mérito 'Desembargador Décio Erpen', durante o 87º Encontro de Corregedores-Gerais dos Tribunais de Justiça do Brasil, no Maranhão

Desce Catracas

MATHEUS ALMEIDA, prefeito de Monte Alegre (PA)

Justiça Eleitoral cassou o mandato dele e do vice, por antecipação do pagamento de 13º salário às vésperas da eleição 2018