Quarta, 27 de outubro de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/10/2021

TJAM dá posse aos desembargadores Mirza Cunha e Cezar Bandiera

Cerimônia foi realizada de forma híbrida, no auditório do Tribunal e transmitido pela internet

TJAM dá posse aos desembargadores Mirza Cunha e Cezar Bandiera TJAM dá posse aos desembargadores Mirza Cunha e Cezar Bandiera (Fotos: Chico Batata)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Tribunal de Justiça do Amazonas realizou nesta sexta-feira (08/10) sessão solene de posse no cargo de desembargador dos juízes Cezar Luiz Bandiera e Mirza Telma de Oliveira Cunha, eleitos pelos critérios de merecimento e antiguidade, respectivamente, na sessão plenária do último dia (5/10).

 

A cerimônia foi realizada de forma mista, no Auditório Desembargador Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro (anexo à sede do TJAM), com transmissão pelas plataformas Youtube e Zoom.

 

Participaram da solenidade o presidente do TJAM, desembargador Domingos Jorge Chalub Pereira; os desembargadores João Simões, diretor da Escola da Magistratura do Amazonas; Graça Figueiredo; Socorro Guedes; Yedo Simões; Flávio Pascarelli, diretor da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor; Paulo Caminha; João Mauro Bessa; Carla Reis, vice-presidente do TJAM; Wellington Araújo, presidente do TRE/AM, Jorge Lins, vice-presidente e corregedor do TRE/AM; Nélia Caminha Jorge – corregedora-geral do TJAM; Jomar Fernandes – ouvidor do TJAM; Anselmo Chíxaro; Elci Simões; Joana Meirellles; Délcio Santos; Vânia Marinho; Abraham Peixoto e Onilza Gerth.

 

Também integraram a mesa o procurador-geral de Justiça Alberto Nascimento Júnior; o governador Wilson Lima; os ministros do Superior Tribunal de Justiça, Mauro Campbell Marques e Fátima Nancy Andrighi; o prefeito de Manaus, David Almeida;  a desembargadora presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11.ª Região, Ormy Bentes; a coordenadora da Escola de Contas do Tribunal de Contas do Amazonas, conselheira Yara Santos.

 

Além da procuradora-chefe do Ministério Público Federal no Amazonas e Roraima, Alzira Melo Costa; o defensor público-geral, Thiago Rosas; o presidente da Associação dos Magistrados do Amazonas, juiz Luis Márcio Albuquerque; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas, Marco Aurelio Choy;  e o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Amazonas, David Gomes David.

 

No início da cerimônia, após a execução do Hino Nacional, o presidente do TJAM, desembargador Domingos Chalub, que dirigiu a solenidade por videoconferência, fez uma saudação às famílias enlutadas pela covid-19, e desejou conforto aos familiares.

 

Na sequência, os desembargadores Carla Reis e Délcio Santos conduziram o juiz Cezar Bandiera ao centro do plenário. Após a leitura pelo secretário Carlos André Santiago Vieira do termo de posse, o magistrado prestou o compromisso legal e assinou o documento assumindo o cargo de desembargador.

 

Chalub assinou o termo de posse e declarou empossado o juiz no cargo de desembargador do TJAM, parabenizando-o pela ascensão no cargo. Em seguida, o filho Lucas Bandiera e a esposa Graça Figueiredo fizeram a troca de toga do empossado. Como presidente da Ordem do Mérito Judiciário, Chalub designou Fernando Prestes e Leda Bandiera para fazerem a aposição da medalha e a entrega do diploma ao novo desembargador.

 

Na sequência, ocorreu a posse da juíza Mirza Cunha, e os desembargadores Jomar Fernandes e Vânia Marinho a conduziram ao centro do plenário, onde o secretário-geral leu o termo de posse e a nova desembargadora prestou o compromisso legal, assinando o documento.

 

O presidente do TJAM, Domingos Chalub, da mesma forma assinou o termo, declarou-a empossada e parabenizou-a, dizendo ser mais uma conquista da mulher no Judiciário estadual, e afirmando que Mirza representa muito bem a mulher guerreira do Amazonas. 

 

Os filhos Adriano Cunha Trigueiro e Stela Cunha realizaram, então, a troca da toga da magistrada; e a aposição da medalha e a entrega do diploma do Mérito Judiciário foram feitas pelas senhoras Elza Cunha, mãe de Mirza, e Ieda e Ana Cunha, irmãs da desembargadora.

 

Foi citada também a presença do deputado federal Marcelo Ramos; do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas; Roberto Cidade;  do desembargador do Tribunal de Justiça de Roraima, Lupercino Nogueira; da corregedora-geral do MPAM; Síllvia Tuma; do desembargador aposentado do TJAM, Luiz Wilson Barroso; magistrados do Amazonas e de outros Estados; da desembargadora Taís Ferraz, do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região; do chefe da Assessoria Jurídica do 7.º Comar, Fábio Roberto Vargas; do capitão do Comando Militar da Amazônia Sérgio Dias; da capitã de Fragata do 9.º Distrito Naval, Leila Vasconcelos; de desembargadores eleitorais,  procuradores, conselheiros, defensores públicos, advogados e servidores.

Sobe Catracas

MÁRIO FLÁVIO NOVO JR, designer e empreendedor

Software de gestão para automatizar tarefas nas áreas de gestão fiscal e financeira, criado pelo parintinense, ganha destaque nacional e faz sucesso em bares e restaurantes

Desce Catracas

WILLIAM FONSECA, prefeito de Oriximiná (PA)

Teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores, acusado de contratar 1,5 mil servidores temporários, sem processo seletivo