Sábado, 24 de julho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/07/2021

Em Parintins, dois alunos testam positivo para Covid, após retorno das aulas do Estado

Alunos infectados tiveram contato com professores e outros colegas de duas escolas; Seduc mantém aulas em Parintins e deixa pais de estudantes apreensivos

Em Parintins, dois alunos testam positivo para Covid, após retorno das aulas do Estado Centro de Tempo Integral Gláucio Gonçalves (CETI) em Parintins (Foto: dA)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - Dois alunos da rede pública de ensino estadual de Parintins (a 375 quilômetros de Manaus) testaram positivos para a Covid-19, na última semana, logo após o retorno semipresencial das aulas, liberado pelo Governo do Amazonas no dia 1º de junho. Os alunos são da Escola Estadual Senador João Bosco e do Centro de Tempo Integral Gláucio Gonçalves (CETI).

 

A informação foi confirmada pela Vigilância em Saúde do Município e pela Coordenadoria Regional da Secretaria de Estado de Educação de Parintins (SEDUC/CREP).

 

O caso deixou os pais apreensivos que pedem a suspensão das atividades escolares do Estado. Em Parintins (a 325 quilômetros de Manaus), as aulas da rede municipal não foram autorizada até agora pela Prefeitura.  

 

Nesta quarta-feira (21/7), viralizou o aúdio de um professor do CETI, identificado como Carlos Magno, em grupos de WhatsApp, alertando pais, alunos e professores sobre os casos de Covid-19 no âmbito escolar e pedindo providências da Seduc.

 

“As mães dos garotos confirmaram que os exames deram positivos para coronavírus e eles tiveram contato com outros colegas e professores dentro do CETI”, diz trecho do áudio do professor do Ceti. 

 

De acordo com os órgãos de saúde e educação, o primeiro aluno infectado é da Escola Estadual Senador João Bosco e tem 17 anos. Ele teve o diagnóstico positivo no dia 16 de julho, após uma viagem, onde passou 7 dias em Manaus, conforme informou a Vigilância em Saúde.

 

O segundo estudante, de 11 anos, do Centro de Tempo Integral Gláucio Gonçalves (CETI), positivou no dia seguinte, 17 de julho.

 

Segundo a Coordenaria Municipal de Vigilância em Saúde os dois estudantes são primos e teriam se contaminado durante “contato intradomicilar”, antes de frequentarem as aulas.  

 

“O aluno de 17 anos realizou uma viagem a Manaus há 7 dias, onde se infectou. Logo a infecção não ocorreu em ambiente escolar!”, afirma a coordenadora Elaine Pires.

 

A Vigilância também informou que não há caso de nenhum professor infectado por Covid-19 e que todos estão sendo testados (teste rápido e RT/PCR).

 

ALERTA DO PROFESSOR

Os casos de Covid-19 nas escolas estaduais se tornaram público, em Parintins, nesta terça-feira à noite (21/7), após viralizar o aúdio de um professor do CETI, identificado como Carlos Magno, em grupos de WhatsApp, alertando pais, alunos e professores sobre os casos de Covid-19 no âmbito escolar.

 

Na gravação, o professor afirma que foi informado pelos próprios familiares dos alunos que os estudantes [segundo ele, dois alunos do CETI] estavam infectados e haviam contaminado os pais.

 

“Esse é detalhe que eles mesmos me falaram. Os pais e mães. Estão sem sintomas, mas estão com covid-19 e já tomaram as duas doses [da vacina]”, afirma o professor no áudio.

 

Em contraponto, a coordenadora de Vigilância em Saúde de Parintins, Elaine Pires, afirmou que “os alunos e a família estão em isolamento domiciliar com as devidas orientações desde a detecção do caso positivo” e que “os demais alunos/professores que tiveram contato com os mesmos [infectados] estão sendo testados para rastreamento”.

 

SEDUC MANTÉM AULAS

O coordenador regional da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc) em Parintins, João Costa, também nega que os alunos tenham sido infectados nas escolas e lamentou a forma, segundo ele, “negativa”, que os casos foram divulgados nas mídias sociais. O representante da Seduc não se manifestou sobre o áudio do professor do Ceti.

 

Porém, Costa admitiu que as pessoas que tiveram direto que as pessoas que tiveram contato direto com os estudantes positivados, estão sendo testadas e monitoradas. Com base nos resultados, serão realizados os encaminhamentos protocolares.

 

João Costa informou também que como medida preventiva as aulas nas escolas estaduais Senador João Bosco e Ceti foram suspensas, nesta quarta-feira (21), para o processo de desinfecção e higienização das salas. As atividades devem retornam normalmente, segundo ele, com todos os protocolos sanitários  nesta quinta-feira (22).

 

PAIS RECLAMAM DO PERIGO DE CONTÁGIO

Pais de alunos que contataram com o Portal deAMAZÔNIA disseram que ontem (20) tiveram reunião com a direção da Escola Ceti, em Parintins, e nenhum momento foi repassado a eles do caso de contágio dos alunos por coronavírus.

 

“Somente à noite, por volta das 22h no grupo dos pais da escola é que a direção informou que nesta quarta-feira não haveria aula, pela necessidade de sanitização dos ambientes. Porém, não explicaram os motivos”, disse a mãe de um aluno, que pediu para ter o nome preservado.

 

Outra reclamação dos pais é que mesmo com todo esse perigo de contaminação nas escolas a Seduc mantém as aulas normalmente, a partir desta quinta (21), e que os alunos que não comparecerem pegarão falta do mesmo jeito.  

 

Parintins tem 10.003 casos confirmados de Covid-19 e 355 mortes, desde o início da pandemia. Há quatro pessoas internadas por coronavírus na cidade, segundo boletim epidemiológico

 

COMUNICADO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

A Secretaria Municipal de Saúde através da Coordenadoria de Vigilancia em Saude informa que em relação a publicação nas mídias sociais sobre a infecção de alunos por COVID-19 que:
✅Foram identificados pela Vigilancia em Saude dois alunos E. S.D (17 anos) diagnóstico positivo para COVID-19 no dia 16/07 discente da Escola Estadual João Bosco e H.M. B (11 anos)  no dia 17/07, discente da Escola Estadual CETI também com diagnóstico positivo para COVID 19.
✅Que o aluno E. S. D realizou uma viagem a Manaus há 7 dias, onde se infectou! Logo a infecção não ocorreu em ambiente escolar!
✅O aluno H.M.B é primo e contato intradomicilar de E.S.D
✅Que os  alunos e a família estão em isolamento domiciliar com as devidas orientações desde a detecção do caso positivo;
✅ Que a família está em monitoramento está sendo testada (teste rápido antígeno e PCR/RT)
✅Que os demais alunos/ professores contatos dos mesmos estão sendo testados para rastreamento 
✅Não há positividade de professores ( os mesmo estão sendo testados)
✅Quanto as orientações para o Coordenador da SEDUC e Gestores das Escolas: envio da relação nominal com contato telefônico para testagem dos alunos/professores dos mesmo;
✅Desinfecção das respectivas salas de aulas 
✅As ações de monitoramento e rastreamento seguem sendo realizadas.

 

Sobe Catracas

MICHELLY CUNHA, estudante de jornalismo

Parintinense vai representar o Amazonas no concurso Miss Beleza Trans Brasil 2021/22, em São Paulo

Desce Catracas

MÁRIO ABRAHIM, prefeito de Itacoatiara (AM)

No pico da pandemia em Itacoatiara, em que morreram várias pessoas por falta de leitos, prefeito emprestou respiradores para Coari