Sábado, 12 de junho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 09/06/2021

Vigilância Sanitária apreende uma tonelada de alimentos e produtos de limpeza, em Parintins

Foram encontrados em comércios enlatados, materiais de limpeza, bebidas, entre outros itens que estavam mal acondicionados, com data de validade vencida

Vigilância Sanitária apreende uma tonelada de alimentos e produtos de limpeza, em Parintins Vigilância Sanitária apreende uma tonelada de alimentos e produtos de limpeza, em Parintins (Foto: Divulgação/PMP)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - A Vigilância Sanitária de Parintins apreendeu, nesta terça-feira (8/6), aproximadamente uma tonelada de produtos no comércio. Foram apreendidos enlatados, materiais de limpeza, bebidas, entre outros itens que estavam mal acondicionados, com data de validade vencida ou até validade adulterada.

 

O gerente de Vigilância Sanitária, Leopoldo Mendonça, afirmou que o papel da Vigilância de fiscalizar e evitar que produtos com má qualidade estejam no mercado está sendo cumprido.

 

"Estamos verificando que infelizmente alguns comerciantes estão deixando os produtos ficarem fora do prazo de validade, em vez de realizarem promoções para que esses itens possam ser consumidos normalmente. Lamentamos também que esse crime está sendo cometido por alguns comerciantes que estão tentando falsificar a data de vencimento das mercadorias,", disse.

 

Por sua vez, a coordenadora de Vigilância em Saúde, Elaine Pires, afirmou que comércios de pequeno médio e grande porte estão sendo fiscalizados. Ela alertou a população para que possa fazer denúncia pelo disque denúncia número 92 99169-8671. "Se a fiscalização chegar no comércio e verificar que existem produtos mal acondicionados, ou com data de validade vencida, eles serão apreendidos e enviados ao aterro controlado", advertiu.

Sobe Catracas

RENATO MEDICIS, presidente da Águas de Manaus

Para incentivar vacinação contra a Covid-19, concessionária irá oferecer transporte a todos colaboradores, com mais 40 anos, que forem se vacinar

Desce Catracas

RAIMUNDO FONSECA, ex-presidente da Câmara de Japurá

Tribunal de Contas do Amazonas reprovou as contas dele, referentes a 2015, e aplicou multa de R$ 100 mil