Sábado, 12 de junho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/06/2021

Prefeito de Manaus anuncia recuperação de espaços depredados, em até 48 horas

Com quatro dias de inaugurada, a ‘Bola das Letras’ foi um dos espaços incendiados, em ataque criminoso, neste domingo (6)

Prefeito de Manaus anuncia recuperação de espaços depredados, em até 48 horas Rotatória Umberto Calderaro, popularmente conhecida como “bola das Letras” (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou, na manhã desta segunda-feira, 7/6, que todas as estruturas municipais depredadas durante os ataques realizados no último final de semana serão recuperadas no prazo de 48 horas, evitando, assim, um maior prejuízo para a população.

 

Nas primeiras horas desta segunda-feira, David Almeida vistoriou os danos causados durante os ataques realizados por membros de uma facção criminosa no Distrito de Obras Oeste, na Compensa; Unidade Básica de Saúde (UBS) O-10, no Nova Esperança, e na rotatória Umberto Calderaro, popularmente conhecida como “bola das Letras”.

 

"Vamos trabalhar para recuperar todos os espaços que foram depredados. O enfrentamento armado cabe ao Estado, à prefeitura cabe trabalhar para colocar os serviços à disposição da população. É isso que nós vamos fazer. Em todos os lugares onde a prefeitura teve as suas estruturas atacadas, vamos trabalhar para, no prazo limite de 48 horas, colocar à disposição da população", enfatizou Almeida.

 

O prefeito garantiu que equipes da Prefeitura de Manaus estão trabalhando para que, até às 12h desta segunda-feira, a coleta de lixo volte à normalidade.

 

Além disso, equipes da Secretaria Municipal da Saúde (Semsa) estão montando a logística para garantir que os postos de vacinação contra a Covid-19 funcionem normalmente no período da tarde, impedindo, assim, que a campanha de vacinação seja comprometida.

 

"Contamos com a colaboração da população, para que possamos identificar esses marginais. Não é aceitável esses ataques. Nem em guerra ambulâncias ou hospitais são atacadas. O Estado tem que agir com mão firme. A segurança armada é responsabilidade do Estado. A prefeitura também não ficará calada. Vamos continuar trabalhando e construiremos uma cidade melhor para a nossa população", finalizou.

Sobe Catracas

RENATO MEDICIS, presidente da Águas de Manaus

Para incentivar vacinação contra a Covid-19, concessionária irá oferecer transporte a todos colaboradores, com mais 40 anos, que forem se vacinar

Desce Catracas

RAIMUNDO FONSECA, ex-presidente da Câmara de Japurá

Tribunal de Contas do Amazonas reprovou as contas dele, referentes a 2015, e aplicou multa de R$ 100 mil