Sábado, 12 de junho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/05/2021

Após acordo com prefeito de Manaus, rodoviários suspendem greve prevista para esta quinta (27)

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo reivindica o reajuste no salário dos profissionais do setor e aumento no vale-refeição

Após acordo com prefeito de Manaus, rodoviários suspendem greve prevista para esta quinta (27) Prefeito David Almeida reúne com rodoviários e faz acordo para evitar greve no transporte coletivo (Foto: Ruan Souza / Semcom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O prefeito de Manaus, David Almeida, garantiu, após reunião com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano Rodoviário de Manaus e Região Metropolitana (STTRM), que não haverá a paralisação no transporte coletivo, antes programada para a próxima quinta-feira (27).

 

O sindicato reivindica o reajuste no salário dos profissionais do setor e aumento no vale-refeição. O encontro aconteceu na tarde desta terça-feira (25/5), no Casarão da Inovação Cassina, no Centro da capital.

 

“Tivemos uma reunião muito boa com os representantes dos rodoviários, onde expusemos o cenário econômico pelo qual Manaus está passando. Estamos enfrentando uma pandemia, que trouxe muito sofrimento para a nossa população, além de, muito provavelmente, a maior cheia já registrada na história da nossa cidade. Assim, por meio do diálogo, garantimos que não irá ocorrer paralisação no transporte público”, enfatizou Almeida.

 

Durante o encontro, que contou com a participação do vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, e do diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, o chefe do Executivo municipal explicou que os representantes do Sindicato dos Rodoviários firmaram o compromisso de manter o funcionamento das linhas, garantindo, assim, o serviço à população.

 

“Não podemos deixar que a população seja prejudicada pelos impactos econômicos da pandemia. Como administrador da cidade, tenho a obrigação de buscar soluções para que os serviços sejam mantidos, beneficiando assim o nosso povo. A população pode ter certeza que a Prefeitura de Manaus trabalhará para construir uma cidade mais organizada, mais bonita e melhor para se viver”, disse o prefeito.

 

O presidente do STTRM, Givancir Oliveira, salientou que a preocupação apresentada pelo prefeito David Almeida, em resolver a demanda e assegurar os direitos dos usuários do sistema de transporte coletivo, superou a expectativa. Por isso, em comum acordo, as reivindicações da classe serão discutidas em outra oportunidade, quando o quadro pandêmico estiver em melhor situação.

 

“O prefeito David Almeida foi bastante sensível quando expusemos as nossas reivindicações. Ele também salientou o cenário econômico que Manaus enfrenta. Então, deixamos a questão salarial para um outro momento. Quando a economia aquecer, voltaremos a conversar com a prefeitura, para ver se conseguimos algo mais. Mas, neste momento, está descartada qualquer paralisação no transporte público de Manaus”, concluiu.

Sobe Catracas

RENATO MEDICIS, presidente da Águas de Manaus

Para incentivar vacinação contra a Covid-19, concessionária irá oferecer transporte a todos colaboradores, com mais 40 anos, que forem se vacinar

Desce Catracas

RAIMUNDO FONSECA, ex-presidente da Câmara de Japurá

Tribunal de Contas do Amazonas reprovou as contas dele, referentes a 2015, e aplicou multa de R$ 100 mil