Sábado, 12 de junho de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/05/2021

59% dos brasileiros aprovam CPI da Pandemia no Senado, diz pesquisa Exame

41% dos entrevistados desejam que a CPI faça com que aumente o ritmo de vacinação no país

59% dos brasileiros aprovam CPI da Pandemia no Senado, diz pesquisa Exame CPI é presidida pelo senador Omar Aziz (Foto: Agência Senado)

POR ALICE ALENCAR

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - Pesquisa realizada pela revista Exame/Instituto Ideia, em todas as regiões do Brasil, aponta que 59% dos brasileiros aprovam a CPI da Pandemia, instalada no Senado Federal. Apenas 7% são contra. Outros 34% não aprovam, nem desaprovam.

 

A maioria dos brasileiros também deseja que a CPI obrigue o governo federal a acelerar a vacinação contra a Covid-19 e que aponte os culpados pelo descontrole da pandemia no país.

 

O estudo foi divulgado nesta sexta-feira (7/5). (Veja a pesquisa completa AQUI)

 

Ainda de acordo com a pesquisa, 67% da população tomou conhecimento da investigação, presidida pelo senador Omar Aziz (PSD-AM), que apura possível omissão do governo federal durante a pandemia.

33% dos entrevistados não sabiam que a Comissão Parlamentar de Inquérito havia sido instalada.

 

Outro dado importante da pesquisa é de que 45% dos entrevistados acreditam que, com a CPI, o governo Bolsonaro mudará o comportamento em relação à pandemia da Covid-19. Já 30% acham que nada irá mudar.

 

25% não sabem dizer.

 

MAIS VACINAS

A Pesquisa Exame mostra também que o maior desejo de 41% dos brasileiros entrevistados é que a CPI faça com que aumente o ritmo de vacinação no país.

 

32% dos entrevistados gostariam que a CPI apontasse os culpados por falta de vacinas e equipamentos, como oxigênio por exemplo, durante a crise sanitária da Covid.

Outros 15% queriam que aumentasse o valor do auxílio emergencial para a população; 9% não sabem dizer e 3% apontaram outras reivindicações.  

 

LEIA MAIS >> Omar diz que Bolsonaro foi negacionista e defende 400 milhões de doses, urgente, para o Brasil

 

A PESQUISA

O Instituto Exame/Ideia realizou 1.230 entrevistas, em todas as regiões do país, por contato telefônico, num período de campo quinzenal.

 

Foram entrevistados homens e mulheres de diferentes faixas etárias com idade igual ou superior a 16 anos.

 

O estudo possui grau de confiança igual a 95%, aceitando uma margem de erro máxima prevista de aproximadamente 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Sobe Catracas

RENATO MEDICIS, presidente da Águas de Manaus

Para incentivar vacinação contra a Covid-19, concessionária irá oferecer transporte a todos colaboradores, com mais 40 anos, que forem se vacinar

Desce Catracas

RAIMUNDO FONSECA, ex-presidente da Câmara de Japurá

Tribunal de Contas do Amazonas reprovou as contas dele, referentes a 2015, e aplicou multa de R$ 100 mil