Terça, 18 de maio de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 01/05/2021

PF intima líder indígena Sonia Guajajara por críticas ao governo Bolsonaro

Pedido foi feito pela Funai, após websérie sobre Covid-19 nas aldeias

PF intima líder indígena Sonia Guajajara por críticas ao governo Bolsonaro Coordenadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, Sônia Guajajara (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA - A Polícia Federal intimou a líder indígena Sonia Guajajara, uma das coordenadoras executivas da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), para depor em um inquérito aberto a pedido da Funai (Fundação Nacional do Índio).

 

Segundo a Apib, o órgão acusa a ativista e a entidade de suposta difamação contra o governo Jair Bolsonaro e divulgação de dados falsos sobre o novo coronavírus em razão da websérie Maracá, que aborda violações contra os povos indígenas na pandemia de Covid-19.

 

Lançada no ano passado, a websérie denunciou violações de direitos cometidas contra os povos indígenas no contexto da pandemia da Covid-19 — denúncias também feitas ao Supremo Tribunal Federal.

 

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil informou que Guajajara recebeu a intimação na segunda-feira (26) e disse em nota que o ''Governo Federal tenta criminalizar o movimento indígena''.

Sobe Catracas

DOMINGOS CHALUB, presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas

TJAM faz história ao ficar acima da 'média Brasil', em relação às Metas Nacionais do CNJ no ano de 2020

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru (AM)

MP/AM abriu um inquérito contra a Prefeitura para investigar suposta apropriação dos valores do Fundo Previdenciário Municipal