Domingo, 11 de abril de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/03/2021

Médico Marcelo Queiroga aceita convite para ser o novo ministro da Saúde

A nomeação deve ser confirmada em edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (16); Queiroga será o quarto ministro da Saúde do governo Bolsonaro

Médico Marcelo Queiroga aceita convite para ser o novo ministro da Saúde Médico Marcelo Queiroga aceita convite para ser o novo ministro da Saúde (Foto: Geraldo Magela/Divulgação)

BRASÍLIA - O médico e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, aceitou nesta segunda-feira (15) o convite de Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Saúde, substituindo Eduardo Pazuello. Mais cedo, a cardiologista Ludhmila Hajjar recusou o convite. 

 

De acordo com a CNN Brasil, Queiroga deve ser oficializado como novo chefe da pasta em edição do Diário Oficial da União desta terça-feira (16). Não há informações sobre a cerimônia de posse. 

 

Ele será o quarto ministro da Saúde do governo Bolsonaro em pouco mais de dois anos e tem a difícil missão de acelerar a vacinação contra Covid-19 no país e evitar o colapso do sistema de saúde das mais variadas regiões brasileiras.

Queiroga se reuniu com Bolsonaro na tarde desta segunda-feira no Palácio do Planalto e recebeu o convite para assumir o ministério. Ele deixou o gabinete presidencial por volta das 18h30.

 

Outra cotada para assumir a pasta foi a médica Ludhmila Hajjar. No entanto, a cardiologista negou o convite do presidente por "questões técnicas". 

Sobe Catracas

SHOGO SHIMA, estudante

Amazonense de 18 anos gabaritou prova de Matemática e Suas Tecnologias ao acertar as 45 questões no Enem 2020

Desce Catracas

JACIARA PICANÇO, vice-prefeita de Terra Santa (PA)

Vice-prefeita e mais quatro servidores municipais e ex-servidores tiveram bens bloqueados pela Justiça no total de R$ 1 milhão, por licitação irregular na saúde entre os anos de 2011 a 2015