Domingo, 11 de abril de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/02/2021

Governo do Amazonas recebe duas mil doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19

Remessa faz parte das 78 mil unidades previstas para o estado, que aguarda ainda a entrega de 42 mil vacinas da CoronaVac

Governo do Amazonas recebe duas mil doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 Governo do Amazonas recebe duas mil doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19 (Foto: Lucas Silva/Secom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Governo do Amazonas recebeu, nesta quarta-feira (24/02), o quantitativo de duas mil doses de vacina contra a Covid-19 do tipo AstraZeneca, do Ministério da Saúde. A remessa dos imunizantes, importados da Índia, é a primeira entregue ao estado, das 78 mil doses previstas para atender a população nessa quinta fase de distribuição nacional. 

 

Nos próximos dias, além do restante das doses da AstraZeneca, o governo também receberá 42 mil vacinas do tipo CoronaVac. Somando os dois lotes de vacinas a serem repassados ao Amazonas, o estado terá mais 120 mil doses de imunizantes disponíveis para vacinação, sendo definido pelo Fundo Estratégico que 86.667 doses, desse total, serão destinadas para pessoas de 60 a 69 anos.

 

“Hoje o Estado recebeu duas mil doses da vacina AstraZeneca e no decorrer da semana nós estamos aguardando receber as demais doses da vacina. É importante ressaltar que, ao recebermos as vacinas, estaremos distribuindo posteriormente para os municípios realizarem a vacinação desses idosos. Essa população de 60 a 69 tem um risco de adoecer, agravar o quadro e pode evoluir para óbito. Por isso esse grupo prioritário nesse momento”, explicou a enfermeira do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Ângela Desireé. 

 

As doses da AstraZeneca foram transportadas da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e desembarcadas na capital amazonense na manhã desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Os imunizantes foram levados para armazenamento na FVS-AM para posterior distribuição.

 

Grupos prioritários

Conforme o  Plano Operacional da Campanha de Vacinação contra Covid-19 no Amazonas, desenvolvido pela FVS-AM, com base nas orientações do Ministério da Saúde (MS), nesta primeira fase da vacinação, está prevista a imunização de pessoas que estejam nos seguintes grupos prioritários: povos indígenas vivendo em terras indígenas, trabalhadores de saúde, pessoas de 80 anos ou mais, pessoas de 75 a 79 anos, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, além de pessoas institucionalizadas com deficiência. 

 

Os grupos prioritários vêm sendo convocados desde o início da campanha, em 19 de janeiro. Em todo o Estado, já foram aplicadas 256.050 doses de vacina até esta quarta-feira (24/02), sendo 224.978 de primeira dose e 31.072 de segunda dose, de acordo com dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da FVS-AM (PNI/FVS-AM).  

 

Até o momento, o Amazonas recebeu 555.044 doses de vacina contra a Covid-19. Desse total, 554.670 doses já foram entregues e 374 doses estão programadas para serem entregues. 

 

Vacinação

O Ministério da Saúde deu início à distribuição de mais 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para ampliar ainda mais a vacinação no Brasil entre o fim de fevereiro e o início de março. Todos os estados e Distrito Federal começam a receber 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca importadas da Índia e 1,2 milhão de doses do imunizante do Instituto Butantan.

 

Com esse novo lote, o Ministério da Saúde já distribuiu aos estados e Distrito Federal mais de 15 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, desde o dia 18 de janeiro. Até julho, a pasta prevê o envio de mais de 200 milhões de doses, vacinando, assim, 50% da população brasileira.

 

Conforme o terceiro informe técnico da Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS) do Ministério da Saúde, a vacina AstraZeneca corresponde à entrega da primeira dose, enquanto a segunda será distribuída em outro momento, já que o imunizante possui um prazo maior para realizar a outra aplicação.

 

A nova remessa do Instituto Butantan, a CoronaVac, corresponde as duas doses, sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose, para garantir que o esquema vacinal seja completado no período recomendado de 2 a 4 semanas.

Sobe Catracas

SHOGO SHIMA, estudante

Amazonense de 18 anos gabaritou prova de Matemática e Suas Tecnologias ao acertar as 45 questões no Enem 2020

Desce Catracas

JACIARA PICANÇO, vice-prefeita de Terra Santa (PA)

Vice-prefeita e mais quatro servidores municipais e ex-servidores tiveram bens bloqueados pela Justiça no total de R$ 1 milhão, por licitação irregular na saúde entre os anos de 2011 a 2015