Terça, 18 de maio de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/09/2016

Tarifa Zero para estudantes é uma das propostas de Henrique Oliveira

Tarifa Zero para estudantes é uma das propostas de Henrique Oliveira

Garantir diariamente e gratuitamente duas passagens aos estudantes é uma das principais propostas de governo do candidato a prefeito, Henrique Oliveira (SD), e de seu vice, Alessandro Bronze (PRTB). Durante caminhadas e panfletagens realizadas pelo candidato esse tem sido a principal proposta apresentada a população.

 

Para Henrique a Tarifa Zero é possível e será um benefício para os estudantes, mas que vai impactar positivamente nas famílias. “Vamos dar uma importância muito grande para esse projeto. A Tarifa Zero vai ser custeada pela administração pública. E a economia que os pais vão fazer representa um dinheiro a mais para a família. Um dinheiro que pode ser investido em curso de inglês para o estudante, uma alimentação melhor, um lazer ou até um remédio”, destaca.

 

Ontem (9), Henrique caminhou pela principal via do bairro Lírio do Vale, a Avenida Laguna. Na área, que abriga diversas lojas comerciais e, ainda, uma feira, o candidato apresentou suas propostas de governo. Além da Tarifa Zero, Henrique falou com os comerciantes sobre melhorias do transporte público. “Com o BRT, através das ‘linhas alimentadoras’, vamos aumentar a velocidade dos ônibus tornando-o mais rápido e mais frequente que a linha regular”, destacou Henrique.

 

Em conversa com usuários o transporte coletivo, Henrique também apresentou proposta para diminuir o tempo de espera do coletivo. “A ideia é dotar todos os ônibus com GPS e criar um aplicativo que permita ao usuário saber, em tempo real, em que parte da cidade está a linha, reduzindo o tempo de espera nas paradas”, explicou Henrique.

 

No local os comerciantes e feirantes pediram melhorias para a feira do bairro. Segundo os feirantes, o local na atual administração nunca recebeu melhorias.

 

João Paulo III e IV 

 

Na quinta-feira, 8, Henrique também visitou à noite os bairros João Paulo III e IV, na zona Leste. O local que abriga mais de duas mil famílias não possui infraestrutura básica. Falta energia elétrica, saneamento básico e asfalto nas ruas. “Estive aqui há dois anos e a situação só piora. O local foi reconhecido como bairro, mas a infraestrutura ainda não chegou. As famílias vivem na terra batida e ao cair da noite convivem com a escuridão. Isso não pode continuar assim”, destacou Henrique durante conversa com os moradores da área.

 

Tags:

Sobe Catracas

DOMINGOS CHALUB, presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas

TJAM faz história ao ficar acima da 'média Brasil', em relação às Metas Nacionais do CNJ no ano de 2020

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru (AM)

MP/AM abriu um inquérito contra a Prefeitura para investigar suposta apropriação dos valores do Fundo Previdenciário Municipal