Quinta, 30 de junho de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/05/2016

LEÃO AZULAY #Os Nossos ovos

LEÃO AZULAY   #Os Nossos ovos

O ovo, o querido e amado ovo, o fruto da galinha (às vezes o astro convidado é o galo, com participação ativa), objeto de um design que é uma maravilha de projeto e acabamento. Pois bem. O ovo volta a ser noticia mundial.

 

Durante todo o século passado, médicos e cientistas acusavam (injustamente) o ovo, dos piores crimes contra o coração, e a responsabilizar o pobre ovo pela elevação dos índices de colesterol. Quem sofresse do coração, nem chegar perto do ovo, quem não sofresse idem...fazia mal.

 

As galinhas restava o holocausto reservado a sua espécie. Leio em um jornal de circulação nacional que depois de inúmeras pesquisas profundas médicos e cientistas começam a emitir sinais de que talvez estivessem sendo injustos com o ovo. O jornal informa que a Universidade de Surrey, na Inglaterra, emitiu um relato que o pobre ovo não faz mal nenhum a saúde, ao contrario do que falavam; é riquíssimo em nutrientes e pode sim ser consumido em qualquer quantidade. Ótimo.

 

Mas cabe uma pergunta, afinal perguntar não ofende; E nos que sempre fomos loucos por ovos, e, tivemos, que em todo esse tempo nos privarmos dos omeletes, estrelados ou na manteiga, como ficamos? Eu por exemplo, em uma média de três, por semana, quantos deixei de comer nos últimos 25 anos? Se eu medisse isso, a nível de orgasmo do paladar, a quanto não ficara esse enorme prejuízo? Assim como muitos países, já pediram perdão a nações que dizimaram, a comunidade cientifica nos deve um pedido de desculpas, que sinceramente não sei se concederei...

 

A vontade que dar é atirar na comunidade cientifica muitos ovos, mas esse é um uso que não recomendo do produto, por puro e total respeito a galinha que sabe muito bem o quanto lhe custou botá-lo para fora.

*O autor é publicitário

Tags:

Sobe Catracas

JENDER LOBATO, presidente do boi Caprichoso

Boi Caprichoso sagrou-se campeão do Festival Folclórico de Parintins 2022, vencendo rival por 8 décimos

Desce Catracas

ANTÔNIO ANDRADE, presidente do Boi Garantido

Boi Garantido perde o Festival de Parintins e enfrenta crise com debandada de levantadores